Search
Close this search box.
Como eu invisto em Criptomoedas: Guia Prático para Iniciantes

Como eu invisto em Criptomoedas: Guia Prático

Introdução às Criptomoedas

Desde que comecei a investir em criptomoedas em 2017, pude observar os altos e baixos desse mercado. Aqui, vou compartilhar um pouco sobre essa jornada e como invisto nesses ativos digitais. Importante frisar: este texto não serve como uma recomendação de investimentos.

As criptomoedas são moedas digitais que funcionam baseadas em uma tecnologia chamada blockchain, que é essencialmente um registro distribuído e descentralizado. O fato de ser descentralizado significa que não está sob o controle de uma única entidade ou governo, o que proporciona uma nova camada de transações seguras e transparentes.

As mais conhecidas são o Bitcoin e o Ethereum, mas há diversas outras opções no mercado. Investir neste setor é entrar em um campo de infinitas possibilidades, onde muitos veem como a maior oportunidade do século. Contudo, requer cautela e conhecimento.

Estou aqui para ilustrar como eu invisto, levando em consideração que cada pessoa tem seu próprio perfil de risco e objetivos financeiros. Aqui estão alguns pontos-chave do meu processo:

  • Pesquisa: Dedico tempo para estudar cada moeda.
  • Diversificação: Não coloco todos os meus recursos em uma única criptomoeda.
  • Segurança: Uso carteiras digitais confiáveis para guardar minhas moedas.

Primeiros Passos para Investir

Antes de dar início à jornada no investimento em criptomoedas, é fundamental entender o processo e preparar-se adequadamente.

Disclaimer sobre Riscos de Investir em Criptomoedas

Investir em criptomoedas pode ser bastante lucrativo, mas também envolve riscos significativos. Devido à volatilidade do mercado, é importante que eu apenas invista aquilo que estou disposto a perder e realize um estudo cuidadoso dos ativos digitais antes de qualquer aplicação.

Escolhendo uma Exchange

A seleção de uma corretora especializada adequadamente regulada é o primeiro passo prático. Eu preciso verificar as taxas de transação, facilidade de uso e reputação da plataforma. Uma exchange bem conhecida e confiável que eu uso é a Binance, que oferece uma ampla variedade de criptomoedas para negociação.

Criando uma Carteira Digital

Uma carteira digital, ou wallet, é onde eu mantenho minhas criptomoedas seguras. Há diversas opções no mercado, desde carteiras online até hardware wallets, sendo importantes para garantir a segurança dos meus ativos. Escolhi a Carteira Física Tangem porque é confiável, fácil de usar, e atende às minhas necessidades em termos de segurança, conveniência e suporte a diversas criptomoedas.

Verificação de Segurança

A segurança é essencial quando estou lidando com ativos digitais. Uso autenticação de dois fatores (2FA) para proteger minha conta na exchange e também faço regularmente backups da minha carteira. Verifico se a plataforma escolhida para a compra dos ativos oferece práticas sólidas de segurança para evitar surpresas desagradáveis. A dica aqui é NÃO usar SMS como duplo fator, porque é fácil fraudar. Use o Google Authenticator.

Entendendo o Mercado de Criptomoedas

Investir em criptomoedas pode ser desafiador, mas a chave é compreender como o mercado funciona, a influência da oferta e demanda, e as ferramentas de análise disponíveis.

Maior oportunidade de investimento do século

Eu vejo as criptomoedas como uma das maiores oportunidades de investimento do século, devido ao seu potencial de apresentar um alto retorno financeiro. No entanto, é um ambiente que requer uma visão clara sobre tecnologia blockchain e os mecanismos econômicos que impulsionam esses ativos digitais.

Para me manter atualizado, eu leio diariamente o site Cointelegraph: Bitcoin, Ethereum, Crypto News & Price Indexes. Eles também tem um canal de notícias em português no Telegram.

Volatilidade e Preço

Observo que a volatilidade é uma característica marcante do mercado de criptomoedas. Os preços podem sofrer grandes variações em períodos curtos, influenciados por fatores como notícias, regulamentações e mudanças no interesse dos investidores. Tendo isso em mente, preciso estar preparado para movimentações de preço inesperadas e saber gerenciar o risco adequadamente.

Oferta e Demanda

Entender de oferta e demanda é essencial no mercado. Para mim, é claro que quando há mais pessoas querendo comprar uma criptomoeda do que vender, o preço tende a subir. Por outro lado, se há mais vendedores, o preço pode cair. Monitorar essas tendências me ajuda a tomar decisões de investimento mais informadas.

Para acompanhar a variação das moedas, histórico de altas e baixas, eu uso o site Cryptocurrency Prices, Charts And Market Capitalizations | CoinMarketCap. Lá também é possível inserir as suas criptomoedas para acompanhar o seu portifólio, apesar de eu usar o site Investidor10 para essa função.

Estratégias de Investimento

Ao entrar no mundo das criptomoedas, escolher a estratégia certa de investimento é crucial para alinhar com meus objetivos financeiros e o nível de risco que estou disposto a assumir.

Diversificação de Portfólio

Eu sempre busco diversificar meu portfólio, pois é uma das formas mais eficientes de reduzir riscos. Investindo em diversas criptomoedas como Bitcoin, Ether, Solana, VeChain e outras, estou não apenas espalhando meu capital, mas também aumentando as chances de capturar valor de diferentes projetos e setores do mercado. Por exemplo, enquanto Bitcoin é considerado reserva de valor, tokens como Chainlink têm seu foco em serviços de oracle.

Tokens que invisto

Com a análise técnica, buscando padrões no gráfico de cotações, posso tentar prever movimentos futuros e tomar decisões de compra e venda baseadas em dados concretos. Ao mesmo tempo, fico atento à liquidez do mercado, que indica quão fácil é converter as criptomoedas em dinheiro sem afetar o preço.

Eu divido o meu portfólio de investimento em 3 segmentos:

  1. Longo Prazo (moedas que acredito na tese – 70% da carteira): Bitcoin, Ether e Solana.
  2. Médio Prazo (acredito no potencial de subida – 20% da carteira): Chainlink, Polygon, Polkadot
  3. Curto Prazo (tokens especulativos – 10% da carteira): Para esses, preferi usar carteiras inteligêntes como a da Coinext e ZigDao, que fazem os trades curtos sem intervenção da minha parte. (entedo que aqui está o maior risco)

Investimentos a Longo Prazo

Meu foco em investimentos a longo prazo se baseia em manter ativos como Bitcoin, Ether e Solana por um período mais extenso, acreditando no crescimento geral do mercado de criptoativos. Essa estratégia tira do meu caminho a volatilidade diária e a necessidade de estar constantemente à frente dos gráficos. Você pode considerar também a compra de ETFs de criptomoedas para ter uma exposição mais ampla sem precisar selecionar as moedas individualmente.

Trading e Operações Diárias

Por outro lado, eu não faço, diretamente, trading e operações diárias. Essas operações tiram proveito da volatilidade do mercado. Neste caso eu utilizo duas ferramentas de análise técnica e plataformas que permitem Trade Automático, como a ZigDao e a carteira inteligente da Coinext, para otimizar minhas entradas e saídas do mercado, usando traders profissionais. No caso da Coinext, eles não fazem trades diários e a carteira tem uma troca mensal de alguns ativos. A rentabilidade dessas plataformas é bem alta, mas eu coloco uma parte do capital disponível para risco. Com essa abordagem, posso ajustar automaticamente minhas posições em criptomoedas. Enquanto eu escrevo este texto, as moedas que constam na minha carteira inteligente da Coinext são: CHZ, WLD, OP, Near, Shib, Uni, INJ, RNDR, TIA, FET, IMX, SEI.

Investindo com Cautela

Investir exige cautela e conhecimento. Ao aplicar recursos na Carteira Inteligente, optei por começar com uma quantia que estivesse confortável em alocar e que não prejudicasse minha estabilidade financeira.

Utilizando uma Carteira Física

A person placing a physical wallet on a desk, surrounded by various cryptocurrencies symbols and digital charts

Investir em criptomoedas exige segurança na custódia dos ativos. Uma das soluções mais seguras é o uso de uma Carteira Física. Este dispositivo armazena as chaves privadas de forma offline, protegendo-as contra ataques cibernéticos.

Segurança: A grande vantagem das carteiras físicas, como a Carteira Física Tangem, é a robusta segurança que oferecem. Ao manter meus criptoativos offline, eles ficam inacessíveis a ataques de hackers que miram plataformas online. As carteiras físicas geralmente possuem recursos de segurança adicionais, como códigos PIN ou biometria.

  • UX e Facilidade de Uso:
    • Conectividade com cartão físico NFC para facilitar transações.
    • Interface amigável no aplicativo
    • Suporte a diversas criptomoedas.

A experiência do usuário nas carteiras físicas me surpreende. Funcionalidades como Cartões NFC tornam simples o processo de pagar ou transferir criptomoedas. Basta aproximá-los de um smartphone compatível para realizar a transação.

Tendências e Inovações em Criptomoedas

No dinâmico mundo das criptomoedas, estou sempre de olho em novas tendências e inovações. Recentemente, projetos como Solana despontaram, destacando-se pela alta velocidade e baixas taxas, o que atrai muitos desenvolvedores e investidores.

Potencial de Valorização

Moedas como Bitcoin Cash demonstram o interesse contínuo em alternativas ao Bitcoin, visando melhorar a escalabilidade e reduzir custos. Memecoins, embora voláteis, continuam a atrair atenção pelo seu caráter viral, exemplificando como o sentimento do mercado pode influenciar preços.

Índices e AI Tokens

Acompanho índices como S&P Bitcoin Index e S&P Ethereum Index, pois agregam informações de preço, oferecendo uma visão abrangente do desempenho dessas criptomoedas líderes. O S&P Crypto Mega Cap Index ajuda a monitorar o desempenho combinado desses gigantes do mercado.

A emergência de AI Tokens, associando inteligência artificial e blockchain, promete inovações interessantes, que estou ansioso para explorar.

Perguntas Frequentes

Antes de começarmos, gostaria de destacar que investir em criptomoedas pode ser uma jornada emocionante, e quero ajudar com algumas das dúvidas mais comuns para aqueles que estão iniciando.

Quais são os primeiros passos para quem deseja investir em criptomoedas?

Para começar a investir em criptomoedas, eu primeiro busco conhecimento sobre o mercado. Estudo sobre as diferentes moedas, como funcionam as carteiras digitais, e me informo sobre as últimas notícias do setor. Também é essencial escolher uma plataforma confiável para a realização das transações.

Qual é o valor mínimo para começar a investir em Bitcoin e outras criptomoedas?

O valor mínimo para investir varia de acordo com a plataforma ou corretora que eu escolho utilizar. Algumas permitem iniciar com pequenos montantes, às vezes equivalentes a poucos reais, permitindo que qualquer pessoa possa começar com um investimento moderado.

Como posso investir em criptomoedas através de bancos digitais como o Nubank?

Algumas instituições financeiras digitais, como o Nubank, já oferecem a possibilidade de comprar criptomoedas diretamente pelo aplicativo. Eu só preciso abrir uma conta, transferir fundos e seguir as orientações na plataforma para realizar a compra.

Quais são os riscos associados ao investimento em criptomoedas?

Ao investir em criptomoedas, estou ciente dos riscos de volatilidade do mercado, da possibilidade de perda de capital e da importância de manter a segurança das minhas chaves privadas. Também reconheço o risco de possíveis ataques hackers e fraudes.

Como funciona o processo de investimento em criptomoedas em corretoras especializadas?

Eu escolho uma corretora especializada com boa reputação, crio uma conta e realizo a verificação de identidade necessária. Depois, transfiro fundos para a plataforma e uso esses valores para comprar e vender criptomoedas. Fico atento às taxas e às ferramentas de segurança fornecidas pela corretora.

É possível ter retornos imediatos ao investir em criptomoedas ou essa é uma estratégia de longo prazo?

Alguns investidores conseguem retornos rápidos com a negociação de criptomoedas, mas eu considero isso uma estratégia de maior risco. Pessoalmente, vejo o investimento em criptomoedas como uma abordagem de longo prazo. Busco potencial de valorização ao longo dos anos, sabendo que o mercado é volátil e o retorno não é garantido.

Siga-nos:

Você pode gostar também

5 Melhores Computadores de Ciclismo para Comprar em 2024: Guia de Aquisição Inteligente

Por que as ações da NVidia subiram tanto? Entenda o impulso no mercado de tecnologia

O que é AI as a Service: Entendendo a Inteligência Artificial na Nuvem

O que é DORA Metrics? Entenda os Indicadores de Desempenho em DevOps

O que é Framer? Conhecendo a Ferramenta de Prototipagem Interativa

O que é Matific? Uma Plataforma Dinâmica para o Aprendizado de Matemática

Pedir um orçamento
Quer um orçamento?
Olá, quer contratar a palestra do Gustavo Caetano?